A PARTICIPAÇÃO DOS ENTES SUBNACIONAIS NA CONSTRUÇÃO DO DIREITO AMBIENTAL URBANO

Autores/as

  • Douglas Predo Mateus Universidade Católica de Santos - Unisantos Unibr - Faculdade de São Vicente

Resumen

Este artigo pretende discutir a importância dos Governos Subnacionais na promoção de políticas públicas adequadas as recomendações das Convenções, analisando historicamente a evolução da participação dos Municípios na construção do meio ambiente urbano.

Justifica-se a criação de mecanismos institucionalizados de cooperação permanente e voluntária, dando vida a entes dotados de vontade própria destinados a alcançar objetivos coletivos e que se interrelacionam de maneira transfronteiriça.

É preocupação do estudo o crescimento da população mundial, a crescente urbanização e a conseqüente degradação da qualidade de vida que obriga a ONU a convocar uma série de conferencias sobre “problemas mundiais emergentes”, abrindo espaço para o reconhecimento da participação direta da sociedade organizada na definição e elaboração de políticas e programas dirigidos ao planejamento, produção e melhoramento de seus assentamentos urbanos.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Douglas Predo Mateus, Universidade Católica de Santos - Unisantos Unibr - Faculdade de São Vicente

Doutorando em Direito Ambiental Internacional pela Universidade Católica de Santos, Mestre em Direito pela mesma Instituição, Procurador Legislativo, Professor Universitário.

Citas

ANTONUCCI, Denise, KATO, Volia Regina C., ZIONI, Silvana, ALVIM, Angélica B. UM-Habitat: 3 décadas de atuação. Disponível em: http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/09.107/56. Acesso em 14.09.2015.

BIOCCA, Stella Maris. Derecho internacional privado. 1ª ed. Buenos Aires: Lajouane, 2004.

BEYERLIN, Ulrich; MARAUHN, Thilo. International environmental governance. In: BEYERLIN, Ulrich; MARAUHN, Thilo. International environmental law. Hart Publishing, 2011, p. 243-264.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituiçao.html. Acesso em 04.10.2015.

BROWNLIE, Ian. Princípios de direito internacional público. Lisboa. Fundação Calouste Gulbenkian. 1997.

CAPISTRANO, David. O poder local e a habitação popular. Disponível em: http://habitat.aq.upm.es/iah/ponenc/a002.html. Acesso em 04.10.2015.

GONÇALVES, Alcindo. O conceito de governança. Texto apresentado no XIV Encontro do Compedi – Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito. 2005.

GONÇALVES, Alcindo; COSTA, José Augusto F. Governança global e regimes internacionais. São Paulo: Almedina, 2011.

KISS, Alexandre. The implications of global change for the international legal system. In. WEISS, Edith Brown (ed.) Environmental change and international law: new challenges and dimensions. United Nations University Press.

ROSENAU, James N. “Governança, ordem e transformação na política mundial”. In: ROSENAU, James N.; CZEMPIEL, Ernest-Otto (eds.). Governança sem Governo: ordem e transformação na política mundial. Brasília: EdUnB, 2000, p. 12-41.

SERAGELDIN, Ismail. O patrimônio cultural como um bem público. Analise econômica aplicada a cidades históricas. In: KAUL, Inge; GRUNBERG, Isabelle; STERN, Marc A. (Ed.). Bens públicos globais: cooperação internacional no século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2012.

VELASCO, Manuel Diez de. Las Organizaciones Internacionales. Undécima edición. Madrid: Editorial Tecnos S.A., 1999. p. 38/40

http://www.onuportugal.pt. Acesso em 14.09.2015.

http://www.c40.org. Acesso em 07.10.2015.

http://sams.iclei.org/quem-somos/o-iclei.html. Acesso em 14.09.2015.

http://www.righttothecityplatform.org.br/sobre-o-direito-a-cidade/?lang=pt. Acesso em 14.09.2015.

Publicado

02-12-2015

Cómo citar

Mateus, D. P. (2015) «A PARTICIPAÇÃO DOS ENTES SUBNACIONAIS NA CONSTRUÇÃO DO DIREITO AMBIENTAL URBANO», Cadernos de Dereito Actual, (3), pp. 295–308. Disponible en: https://www.cadernosdedereitoactual.es/ojs/index.php/cadernos/article/view/52 (Accedido: 23 julio 2024).

Número

Sección

Artículos