A condição pós-moderna e a responsabilidade civil ambiental

Arthur Pinheiro Basan

Resumen


O presente trabalho visa analisar o contexto social denominado “pós-moderno” bem como as modificações decorrentes dessa mudança identificadas no sistema jurídico como um todo. Desse modo, pretende-se expor, de maneira mais específica, as alterações que os estudos de responsabilidade civil, em especial a ambiental, sofreram com as transformações sociais, levando em consideração, inclusive, a noção de sociedade do risco. Para o presente trabalho, o meio de pesquisa usado foi a bibliográfica qualitativa. Na escrita, utilizou-se o procedimento dedutivo.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


A. VON HAYEK, F. O caminho da servidão. 4. ed. Rio de Janeiro: Expressão e Cultura; Instituto Liberal, 1987.

BAUMAN, Z. Globalização: as consequências humanas. Trad. Marcus Penchel. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 1999.

BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BAUMAN, Z. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

BECK, U. Sociedade de Risco - Rumo a uma outra modernidade. São Paulo: Editora 34, 2011.

BELL, D. O Advento da Sociedade Pós-Industrial. São Paulo: Editora Cultrix, 1974.

BINENBOJM, G. Uma teoria do direito administrativo: direitos fundamentais, democracia e constitucionalização. 2ª ed. Revista e atualizada. Renovar: Rio de Janeiro, 2008.

BOBBIO, N. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

BOBBIO, N. Da estrutura à função: novos estudos de teoria do direito. Barueri: Manole, 2007.

BONAVIDES, P. Do Estado Liberal ao Estado Social. 6 edição, revista e ampliada. São Paulo: Malheiros Editores, 1996.

CARLOS BIANCA BITTAR, E. O direito na pós-modernidade. Disponível em: http://www.cescage.com.br/ead/adm/shared/arquivos/texto_complementar_mod8_cie_soc_hum.pdf Acesso em 11 de mar. de 2019

FURLEY SCHMIDT, M. Nova histórica crítica: moderna e contemporânea. São Paulo: Nova Geração, 2000.

GIDDENS, A. O Mundo na Era da Globalização. Lisboa: Editora Presença, 2000.

HARVEY, D. Condição pós-moderna. Uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo: Edições Loyola. 1989.

JUNQUEIRA AZEVEDO, A. O direito pós-moderno. Disponível em http://www.usp.br/revistausp/42/08-antoniojunqueira.pdf

KELSEN, H. Teoria pura do direito; tradução João Baptista Machado. 7ª ed. - São Paulo : Martins Fontes, 2006.

KUHN, T. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1991.

LEMERT, C. Pós-modernismo não é o que você pensa. São Paulo: Loyola, 2000. Liberal, 1987.

LIMA MARQUES, C e MIRAGEM, B. O novo direito privado e a proteção dos vulneráveis. Editora Revista dos Tribunais: São Paulo, 2012.

LUHMANN, N. Sociologia do Direito I. Rio de Janeiro: Edições Tempo Brasileiro, 1983.

LYOTARD, J. A condição pós-moderna. 14ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2011.

PERRY, A. As origens da pós-modernidade. Rio de janeiro: Jorge Zahar. 1999.

RICARDO LORENZETTI, L. Teoria da decisão judicial: fundamentos de direito. Tradução: Bruno Miragem. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2010

ROBERTO BARROSO, L. Fundamentos teóricos e filosóficos do novo Direito Constitucional Brasileiro. Revista de Direito Administrativo. Rio de Janeiro: Renovar, 2001.

ROBERTO BARROSO, L. Neconstitucionalismo e Constitucionalização do Direito. Disponível em: http://www.georgemlima.xpg.com.br/barroso.pdf. Acesso em 15 de mar. de 2019

SARMENTO, D. Direitos Fundamentais e Relações Privadas. 2ed., 3.tir. Rio de Janeiro: Lumens Juris, 2010.

WINTER DE CARVALHO, D. Gestão Jurídica Ambiental. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017.

WOLFGANG SARLET, I. A eficácia dos direitos fundamentais: uma teoria geral dos direitos fundamentais na perspectiva constitucional. 10. Ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2019 Cadernos de Dereito Actual

 

Editor jefe - Director (2013 - actualidad): Profesor Rubén Miranda Gonçalves

Cadernos de Dereito Actual

www.cadernosdedereitoactual.es

© 2013 por Xuristas en Acción.  

ISSN impreso: 2340-860X. ISSN electrónico: 2386-5229

 

Indexada en | Indexed by: