CONSUMO, EDUCAÇÃO E DIREITO À SUSTENTABILIDADE: UMA REFLEXÃO SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM FACE DA NECESSÁRIA REVISÃO DOS CURRÍCULOS ESCOLARES BRASILEIROS

Elisa Tavares Goulart, Márcia Regina dos Santos, Cleide Calgaro

Resumen


A escola enquanto instituição e espaço de socialização humana é um direito de todos os cidadãos e um dever do Estado. Nesse cenário, o direito à educação básica de qualidade perpassa a ideia de um currículo formal taxativo mínimo em seu conteúdo, uma vez que há uma preocupação em não se desenvolver um conceito ou objeto metodológico propriamente dito, mas há uma inclinação no sentido de integrar todo conteúdo curricular, dando um novo fundamento, com saberes atualizados e transversais ao ensino. O objetivo deste estudo é demonstrar a importância da educação ambiental no cenário de colapso ecológico que vive o século XXI, com vistas a necessidade de inovação curricular sob o aspecto formal. O método utilizado para tal é o analítico através do estudo da legislação e de referências acerca do tema. A partir do exposto, a busca pela sustentabilidade, eixo da questão ambiental, será discutida sob o prisma do desafio educacional do consumo consciente como mecanismo ou proposta de incorporação aos currículos escolares.


Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: 5 de outubro de 1988. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2019.

BRASIL. INEP. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2017.

BRASIL. Câmara de Deputados. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2017.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível: . Acesso em: 29 maio 2019.

BRASIL. Lei no 9.795, DE 27 de Abril de 1999. Disponível: . Acesso em: 29 maio 2019.

BRASIL. MEC. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2017.

CATALÃO, Vera Lessa. Desenvolvimento sustentável e educação ambiental no Brasil. In: PÁDUA, José Augusto (Org.). Desenvolvimento, justiça e meio ambiente. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 2009.

Entrevista com o Professor António Nóvoa José Eduardo Franco - Henrique Manuel Pereira - Norberto Dallabrida. Para uma Nova História Comparada da Educação. Revista Linhas, Florianópolis, v. 10, n. 01, p. 3 – 15, jan. / jun. 2009. Disponível em: . Acesso em: 29 maio. 2019.

FELIPE, Jane. Aspectos Gerais do Desenvolvimento Infantil. In: CRAIDY, Carmen Maria. O Educador de Todos os Dias: Convivendo com as crianças de 0 a 6 anos. 3. ed. Porto Alegre: Mediação, 2001.

FORQUIN, Jean-Claude. Saberes escolares, imperativos didáticos e dinâmicas sociais. Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 5, p. 28-49, 1992.

GOODSON, Ivor F. A construção social do currículo. Lisboa: Educa, 1997.

____. Tornando-se uma matéria acadêmica: padrões de explicação e evolução. Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 2, p. 230-254, 1990.

KIELING, Charles Antonio. Manifesto da cidadania. Caxias do Sul: Maneco, 2001.

LIPOVETSKY, Gilles. A cultura-mundo: a resposta a uma sociedade desorientada/Gilles Lipovetsky e Jean Seeoy. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

MAGALHÃES, Justino Pereira de. Escrita escolar e oficialização da escola portuguesa. In: GÓMES, António Castillo; BLAS, Verónia Sierra. Mis primeros pasos. Alfabetización, escuela y usos cotidianos de la escritura (siglos XIX y XX). Madrid: Trea, 2008. p. 19-40.

MELO FILHO, Álvaro. Inovações no Ensino Jurídico e no Exame de Ordem. 1ª ed. Belo Horizonte: Del Rey, 1996.

MILL, John Stuart. O governo representativo. São Paulo: IBRASA, 1995.

MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa; SILVA, Tomaz Tadeu da. Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 1994.

SPENGLER, Fabiana Marion; TRENTIN, Sandro Seixas. A cidadania diante do atual cenário de globalização: complexidades sociais. In: SCORTEGAGNA, Fernando; COSTA, Marli da; HERMANY, Ricardo. Espaço Local, cidadania e políticas públicas. Santa Cruz do Sul: Editora IPR, 2010.

SIMIONI, Rafael Lazzarotto; PEREIRA, Henrique Mioranza Koppe. Cidadania e a natureza humana: reflexões filosóficas para o empoderamento local. In: SCORTEGAGNA, Fernando; COSTA, Marli da; HERMANY, Ricardo. Espaço Local, cidadania e políticas. Públicas. Santa Cruz do Sul: Editora IPR, 2010.

PORTILHO, Fátima. Sustentabilidade ambiental, consumo e cidadania. São Paulo: Cortez, 2005.

TEDESCO, Juan Carlos; BONAFÉ, Jaume Martínez; IMBERÓN, Francisco (Orgs.). Pensando no futuro da educação: uma nova escola para o século XXII. Tradução de Juliana dos Santos Padilha. Porto Alegre: Penso, 2015.

VALDEMARIN, Vera Teresa; SOUZA, Rosa Fátima de. Apresentação. In: Cultura Escolar: história, práticas e representações. Cadernos CEDES. n. 52. Campinas: Centro de Estudos de Educação e Sociedade, 2000, p. 5-10. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2017.

VEIGA, Ilma Passos A. (Org.). Projeto Político-Pedagógico da Escola. Campinas: Papirus, 1995.

VIDAL, Diana Gonçalves. Culturas escolares e a pesquisa em História da Educação. Florianópolis. 2013. Conferência no Programa de Pós-Graduação em Educação, UDESC em 16 abril, 2013.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2019 Cadernos de Dereito Actual

 

Editor jefe - Director (2013 - actualidad): Profesor Rubén Miranda Gonçalves

Cadernos de Dereito Actual

www.cadernosdedereitoactual.es

© 2013 por Xuristas en Acción.  

ISSN impreso: 2340-860X. ISSN electrónico: 2386-5229

 

Indexada en | Indexed by: